The Nitrate Picture Show

O nitrato de celulose é uma composição produzida a partir da união entre a celulose (polpa da madeira) e ao ácido nítrico concentrado.
Sua capacidade de ser moldado em longas tiras, devido a sua elasticidade, possibilitou seu uso, por meio século, como o suporte de exibição de filmes, sendo mais conhecido por ‘celulóide’.

Outra característica particular é sua capacidade de auto-combustão.

Eram comuns os casos de incêndios que destruíam cinemas inteiros no século XIX, o que ocasionou tragédias como a do Cine Oberdan, em São Paulo, no ano de 1938. Sem a necessidade de calor para gerar a combustão, o que acontecia durante uma projeção, quando estava próxima de uma forte lâmpada, era, no mínimo, um grave risco. Um retrato disso é o clímax de ‘Cinema Paradiso’.

O celulóide foi posteriormente abandonado, mas sua particular qualidade de reproduzir imagens de maneira fiel e cristalina faz manter sua cultura viva até hoje.

O Nitrate Picture Show é um festival sediado no George Eastman Museum, em NY, e só exibe filmes que possuem sua cópia original em nitrato.

O “festival de cinema mais perigoso do mundo” já vai para seu quarto ano de existência (e sem acidentes, graças a um complexo sistema de segurança).

Além de cultivar a experiência original que consagrou o fenômeno do cinematógrafo mundialmente, os espectadores do festival argumentam que as cópias originais possuem um brilho único ao serem projetadas, diferentemente de uma certa opacidade presente nas cópias derivadas.

O celulóide existe na contradição entre uma mídia que resistiu ao desafio dos séculos sem perder qualidade, e o risco constante da combustão instantânea, tal qual um simples stories do Instagram.

Generic selectors
Exatamente
Procurar Titulos
Procurar no Conteúdo
Procurar nos posts
Procurar nas Páginas

OUTRAS DO BLOG