rios voadores

Cursos de água atmosféricos, ou “rios voadores”, são formados por massas de ar carregadas de vapor de água acompanhados por nuvens, e são propelidos pelos ventos.

Essas correntes de ar invisíveis passam por cima das nossas cabeças, carregando a umidade da Bacia Amazônica para o Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil.

Condições meteorológicas propícias (como uma frente fria vinda do sul) são capazes de transformar essa umidade em chuva. O termo “rios voadores” descreve poeticamente esse transporte de enormes quantidades de vapor de água pelas correntes aéreas.

A quantidade de vapor de água transportada por esses rios voadores pode chegar a volumes maiores que a vazão de todos os rios do Centro-Oeste e ser da mesma ordem de grandeza da vazão do maior rio do planeta, o Amazonas (200.000 m3/s).

O Brasil tem uma posição privilegiada no que diz respeito aos recursos hídricos. No entanto, com o aquecimento global e as mudanças climáticas que ameaçam alterar regimes de chuva em escala mundial, é hora de analisarmos melhor os serviços ambientais prestados pela floresta amazônica antes que seja tarde demais. O termo “rios voadores” foi popularizado pelo prof. José Marengo do CPTEC.

Download Premium WordPress Themes Free
Download Premium WordPress Themes Free
Download Best WordPress Themes Free Download
Download WordPress Themes
free online course
download samsung firmware
Download WordPress Themes Free
free download udemy course