COLAB#6
FARIDA

DOC GALERIA + MIS
Um país em guerra civil. Mais de 190 mil mortos. A migração de mais de 5 milhões de refugiados. Em meio a situação caótica e as dificuldades físicas e emocionais de seus pais, nasce Farida.

EDITORIAL

Em parceria com o MIS e com a DOC Galeria | Escritório de Fotografia, o ATRAVES\\ apresenta sua colab #6: Farida.
O nome é uma alusão ao nome do bebê fotografado por Mauricio Lima durante o êxodo dos refugiados do Oriente Médio rumo a Europa. O fotógrafo acompanhou a jornada de migração de uma família síria durante seis meses. É também o título da mostra sobre o artista em cartaz no MIS até 28 de maio.
Farida nasceu em Karlstad, interior da Suécia, em meio as dificuldades físicas e psíquicas dos seus pais diante da Guerra civil que atinge a Síria há cerca de três anos…
Durante essa temporada, convidamos você a se debruçar com a gente no processo de uma exposição e no processo de registro fotográfico de Mauricio Lima. Nosso interesse é entender como uma imagem viaja da realidade para as paredes do museu, num processo que passa pelo olhar do fotógrafo.
Nosso trabalho propõe ainda uma experiência imersiva para a mostra, usando sons e cheiros para aproximar o público do universo criativo do artista e dos refugiados.

[topo]

FARIDA: DO ÊXODO DOS REFUGIADOS SÍRIOS ÀS PAREDES DO MUSEU

FAMÍLIA MAJID

Recebemos em nosso estúdio a família Majid, que falou sobre a experiência de ver ruir uma vida conhecida, chegar em um novo país, defrontar-se com os olhares piedosos do mundo e a experiência de ser e estar estrangeiro, imigrante e refugiado. Antes mesmo de nascer, a pequena Farida percorreu cerca de 5 mil km na barriga da mãe. Entre o país e a Suécia, onde ela nasceu, sua família viu de tudo: conflitos, fugas e perseguições.

[topo]

ARTE.BIKE NO MIS

No primeiro final de semana de maio, a arte.bike do ATRAVES\\ se instalou no MIS, em São Paulo, durante a Feira Cavalete, evento dedicado à fotografia contemporânea brasileira. A Feira acontece em paralelo à programação do Maio Fotografia, que recebe a exposição Farida. Na ocasião, pudemos trocar com as pessoas que passaram pelo evento e nos inspirar no contato com o outro.

[topo]

DOC GALERIA

Fernando e Mônica, da DOC Galeria, que representa o fotógrafo Mauricio Lima falam sobre a série fotográfica e compartilham conosco o processo criativo de um momento tão intenso e atual. Elas contam que a exposição Farida emocionou e envolveu todo o Museu em relação ao tema dos refugiados.

[topo]

MIS

As produtoras Cris e Talita, da Mostra Maio Fotografia do MIS, onde está em cartaz a exposição do fotógrafo Mauricio Lima, falam sobre o processo de montagem de Farida e sobre a rotina de trabalho no Museu.

[topo]

ARTISTAS e COLABORADORES

[topo]

RE-INSPIRAÇÕES

[topo]