produção colaborativa

Na “Mostra do Redescobrimento: Brasil+500”, a cenógrafa Bia Lessa ficou encarregada da ambientação da ala que expunha obras do período Barroco.

A mostra, feita em 2000 no pavilhão da Bienal, trouxe esculturas de Aleijadinho e outras obras religiosas em meio a um enorme jardim, com mais de 200 mil flores de papel crepom, numa imensidão de formas roxas e amarelas.

Para confeccionar o projeto, Lessa usou a mão de obra dos presidiários do Carandiru.

“Eu quis fazer uma geografia, algo que não fosse cenográfico. Os troncos são reais e as 200 mil flores foram feitas em atos de devoção pelos presos do Carandiru. Não me sinto fazendo uma decoração, mas uma obra paralela.” – Bia Lessa

O resultado desse lindo trabalho você pode conferir no vídeo abaixo:

Download Best WordPress Themes Free Download
Premium WordPress Themes Download
Download WordPress Themes Free
Download Premium WordPress Themes Free
download udemy paid course for free
download karbonn firmware
Premium WordPress Themes Download
free download udemy course