olhar eletrônico

O olhar humano não possui uma capacidade melhor do que de uma série de animais. Para efeito de comparação, o falcão consegue perceber um objeto mais de oito vezes mais longe do que o ser humano. O olhar humano é limitado, passível de inconstância e, por vezes, cansado.

Mas como ampliar o olhar?

A sociedade desenvolveu um sistema de vigilância e punição exemplar: crimes, infrações e condutas impróprias são devidamente monitoradas por um sistema incansável de câmeras.

No futebol, um campo um tanto conservador em seus regulamentos, o olhar eletrônico chega em 2018. A implantação do VAR (video assistant referee) chega em 2018, em plena Copa do Mundo e causando muita polêmica. Apesar da clara vantagem do eletrônico sobre o humano em captar, desacelerar e rever, a mudança causou muitas desestabilizações. Afinal, como funciona o VAR?

Após ocorrer um lance duvidoso, a jogada é revista em monitores, tendo diferentes tomadas de câmera para um mesmo momento. Os assistentes ficam em uma sala em uma central e somente eles e o árbitro podem ver as imagens em replay do lance.

Esse outro olhar, estrangeiro por definição, é um olhar privilegiado: tal qual o falcão, a distância não impede sua capacidade, mas o amplia e intensifica. No entanto, o que a tecnologia não garante e nem garantirá, é a capacidade de interpretação. Essa é essencialmente humana e garantida sempre ao árbitro de campo.

para saber mais:

COMPARTILHE

OUTRAS DO BLOG

Free Download WordPress Themes
Download WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
Download Nulled WordPress Themes
online free course
download samsung firmware
Download Best WordPress Themes Free Download
free online course