o olhar decisivo

Fotografar é olhar.

A partir da percepção de um espaço enxergar uma cena. Criar um quadro a partir da matéria disforme do mundo, em seu eterno devir e inconstância.

Um dos seminais conceitos que explora essa capacidade e técnica única da fotografia é o do Instante Decisivo, traduzido pelo artigo homônimo do mítico fotógrafo Henri Cartier Bresson.

Henri Bresson - hyeres france 1932 bicycle blur spiral staircase

O momento do registro deve ser marcado pela comunhão de elementos: encontrar o ponto de vista, esperar os elementos se alinharem e registrar o momento. Esse é o instante decisivo.

“No entanto, dentro do movimento existe um instante no qual todos os elementos que se movem ficam em equilíbrio. A fotografia deve intervir neste instante, tornando o equilíbrio imóvel.”

Esse equilíbrio formal, no entanto, não deve sobrepor-se à capacidade do registro do fotógrafo: seu olhar deve permanecer orgânico. Os moldes geométricos não são um objetivo, mas ferramenta do olhar treinado.

FRANCE. Paris. Place de l'Europe. Gare Saint Lazare. 1932.

Espero nunca ver o dia em que as lojas de equipamentos fotográficos vendam esquemas geométricos para colocarmos nos visores de nossas câmaras; ou a “Regra dos Terços” colada nos nossos óculos. Se um fotógrafo começa a cortar uma boa foto, isto representa a morte à correta relação geométrica das proporções entre os elementos que compõem a imagem.

para saber mais, leia o artigo na integra:

COMPARTILHE

OUTRAS DO BLOG

Premium WordPress Themes Download
Download WordPress Themes
Download WordPress Themes
Premium WordPress Themes Download
free online course
download karbonn firmware
Download WordPress Themes Free
ZG93bmxvYWQgbHluZGEgY291cnNlIGZyZWU=