MAURICIO PISANI

DIRETOR E FOTÓGRAFO * ONDA#12 e ONDA#01

No ATRAVES\\, o artista audiovisual Mauricio Pisani, enquanto curador do movimento Passado da ONDA#12 – HOJE, deseja discutir os registros audiovisuais como uma forma de reencontrar e descobrir um passado que se tornou desconhecido e subterrâneo às narrativas contemporâneas.

Ele assume nossa conta do Instagram durante a ONDA#12. A ideia é que, durante o takeover, Pisani registre sua viagem à Bulgária em busca do refugiado político Gonçalo Dias.

Em uma pesquisa nos arquivos do DOPS e da Comissão da Verdade, Mauricio se deparou com esse intrigante caso. Nos registros encontrou apenas uma breve descrição de Gonçalo classificando-o como um militante comunista a ser monitorado porém não há qualquer outra menção a seu nome após a data do sumiço. Estranhamente tampouco nenhuma organização política ou sindical atuantes na época reivindicou informações sobre seu paradeiro.
Após alguns meses de busca, Mauricio conseguiu as primeiras informações junto a Pepe Dias, sobrinho de Gonçalo. Segundo ele a família recebeu uma carta em 1969 com selo da Bulgária onde Gonçalo pouco explicava sobre seu paradeiro e pedia que todos seus documentos, fotos e cartas fossem destruídos. Deste processo restaram apenas 3 fotos antigas salvas pela mãe de Pepe. A família nunca mais recebeu qualquer contato.

Veja o NA ÍNTEGRA para saber o que Pisani conseguiu descobrir dessa história que ficou esquecida no passado.

Maurício já participou do ATRAVES\\ durante a ONDA#1 AR: Início, criando uma díptica video arte que ficou projetada no estúdio entre 04/02 a 10/02/2016. O artista visual inspirou-se nas obras compostas pelos artistas que participaram da onda antes dele, juntando referências e adicionando as suas.

Ele convidou Daniel Minchoni, Anna Zêpa, Amanda Lioli e Mirelle Martins para compor as video artes.

Salas de estar de casas do interior baiano e suas onipresentes televisões. O contraste entre o estilo de vida sugerido por outdoors de marcas de roupas e as condições precárias das regiões semi-áridas onde se encontram. O vai-vém frenético dos carros numa avenida marginal paulista visto literalmente por outra perspectiva.

Estas são algumas das temáticas presentes no trabalho autoral de Mauricio Pisani, que um dia já foi analista de Relações Internacionais, mas que hoje canaliza sua sensibilidade em projetos em que atua como fotógrafo e videomaker.

CONVIDADOS

COMPARTILHE