guia de textos do 35˚ panorama

Nós nos aproximamos ao final da COLAB#10, uma parceria com o Museu de Arte Moderna de São Paulo, onde documentamos o processo criativo da dupla de diretores Chico & Mosca, responsáveis pela criação do teaser do 35º Panorama da Arte Brasileira.

Durante semanas de intensos debates e encontros marcantes, realizamos 12 RE-INSPIRAÇÕES, nossos textos que refletem as temáticas que foram surgindo ao longo desse processo. Veja todas elas aqui!

1 O PAPEL DO MONTADOR

O papel do montador mudou muito ao longo da história do cinema. Dos processos mecânicos aos processos digitais, a missão do montador audiovisual segue a mesma: Dar vida aos blocos de realidade capturados durante o processo de filmagem.

2 DUPLAS DE DIRETORES

A figura do diretor é comumente confundida com a do gênio centralizador e autoritário.

Recentemente, temos nos deparado com o fenômeno de filmes dirigidos em duplas ou coletivos, desconstruindo ou reformulando esse conceito tão arraigado na cultura cinematográfica.

Separamos alguns exemplos e procuramos entender como esse trabalho tão particular, pode ser compartilhado.

3 QUANDO A ARTE CHOCA

Em cada época, os artistas encontram novos ideais a serem celebrados e exprimidos, criando novas maneiras de expressá-los. Esse trajeto é conhecido como História da Arte e, de tempos em tempos, encontra trechos tempestuosos ou pontes prematuras, que provocam, com coragem, saltos inesperados em seu percurso.

Conheça os momentos quando a arte choca e é questionada de forma mordaz pelo seu espectador.

4 CINCO DOCUMENTÁRIOS SENSORIAIS

Se o documentário tradicional lança mão de artifícios como a mediação de um entrevistador para possibilitar um vislumbre da ‘verdade’, os documentários sensoriais arremessam seus espectadores em um universo pleno de matéria: som e imagens que, em confluência, transmitem a experiência subjetiva do indivíduo.

5 CURAR ATRAVÉS DA ARTE

O curador artístico possui o papel de mediador cultural e um compromisso educacional com a sociedade. É através de suas escolhas que nasce uma nova percepção da produção do recorte selecionado.

O curador do 35˚ Panorama da Arte Brasileira, Luiz Camillo Osório, falou com a gente sobre a sua ocupação como curador: suas atribuições, tarefas, desafios e cuidados. Conheça mais sobre a função!

6 EXPOSIÇÕES DE ARTE URGENTE

As bienais de arte foram uma maneira dos museus darem conta da produção artística contemporânea, mantendo seu espaço constantemente atualizado. O modelo criado pela Bienal de Veneza foi importado para a América Latina, iniciando espaços como a Bienal de Arte de SP e o Panorama da Arte Brasileira.

A urgência da arte ser uma resposta para os dilemas do mundo moderno criou outros modelos de produção e exibição, conheça-os na nossa RE-INSPIRAÇÃO.

7 A IMPORTÂNCIA DE REGISTRAR PROCESSOS CRIATIVOS

A documentação da arte, enquanto atividade fundamental da espécie humana, muitas vezes se limita a ser uma reconstrução histórica. Somente no presente temos a possibilidade de registrar o processo criativo.

Tal proposição, arriscada em sua essencial, é a proposta do ATRAVES\\: registrar a arte no momento anterior ao seu nascimento, quando nada mais é do que uma intenção mergulhada na subjetividade do artista, quando ainda é rascunho e processo.

8 DOCUMENTARISTAS EM BUSCA DA VERDADE

A busca pela verdade exige a reflexão e o questionamento por parte dos cineastas, a fim de compreender os mecanismos e métodos que não mais correspondem aos seus anseios na investigação do real.

Conheça um pouco dos processos de dois documentaristas fundamentais para o cinema brasileiro: João Moreira Salles e Eduardo Coutinho.

9 SETE DOCUMENTÁRIOS INSPIRADORES SOBRE PROCESSOS CRIATIVOS

A possibilidade de observar um artista em sua batalha para tornar possível dar vida à sua visão subjetiva em uma realidade é capaz de impulsionar um profundo impacto no espectador.

Selecionamos 7 documentários que registram o trabalho de grandes artistas, seu modo de ver o mundo e de criar o seu próprio.

10 OITICICA E O ESQUEMA GERAL DA NOVA OBJETIVIDADE

A mostra Nova Objetividade Brasileira ocorreu no MAM- RJ em 1967, reunindo artistas brasileiros de diferentes vertentes. Conheça os seis parâmetros que delineiam o estado típico da vanguarda brasileira, atravessando décadas e desembocando na produção contemporânea.

11 BRASIL, ENTRE SUBTRAÇÃO E MULTIPLICAÇÃO

Entre uma profusão de diferentes origens (ameríndia, africana e europeia), que mais parecem ser excludentes e contraditórias entre si do que unificadoras, o Brasil mantém-se no impasse entre ‘subtração’ e ‘multiplicação’.

Exatamente
Procurar Titulos
Procurar no Conteúdo
Procurar nos posts
Procurar nas Páginas
Filtro por Categorias
Adestrador
Advocacia
Ambientalismo
Animação
Antropologia
Arquitetura
Arte Urbana
Artes Plásticas
Artistas
Biblioteconomia
Cenografia
Colaboradores
Coreografia
Curadoria
Curta-metragem
Dança
Desenho
Design Gráfico
Digital
Documentário
Dramaturgia
Editor
Empreendedorismo
Escultura
Exposição
Figurino
Filosofia
Fotografia
Galeria
Games
Gastronomia
Iluminação
Ilustração
Improvisação
Inspirações
Instalação
Intervenção Urbana
Jornalismo
Lettering
Literatura
Longa-metragem
Maquiagem
Marcenaria
Materiais
Moda
Modelo
Museu
Música
Palestras
Parceiros
Pedagogia
Performance
Pesquisa
Pintura
Poesia
Política
Processo Criativo
Produção
Projeção Mapeada
Psicologia
Psiquiatria
Publicidade
Saúde
Série
Sociologia
talentos
Tape Art
Tatuagem
Técnicas
Teologia
Terapia
Time
Video Arte

OUTRAS DO BLOG