DAVID BOWIE: ARTE DE MUDAR

Passar por transformações e mudanças fazem parte da vida e da arte.

Poucos artistas encarnaram tão bem essa capacidade multiplicar-se, percebendo que cada final de trajeto é, na verdade, o começo de outro, como David Bowie.

Durante seus XX anos de carreira, Bowie produziu XX discos e incorporou a ideia de ser um camaleão do rock, por sua capacidade de se reinventar e caminhar livremente por diferentes ritmos e gêneros.

Passando pelo MOD e pelo Hippie nos anos 60, Bowie traçou uma trajetória que passou pelo GLAM, pelo SOUL, pelo experimentalismo de vanguarda e pelas baladas eletrônicas.

Assumiu ainda diversas personalidades representadas por diferentes figurinos, como o alienígena Ziggy Stardust, um astro do rock multiplanetário que marcou sua geração e trazido a vida durante a turnê do disco Ziggy Stardust and the Spiders from Mars.

David Bowie live at Hammersmith Odeon on Ziggy Stardust tour.

O problemático Aladdin Sane, que trouxe a marca do raio cruzando sua face que virou um ícone de Bowie.

Com sua saúde física e mental debilitada, Bowie encarnou seu mais sórdido personagem. O ‘Duke’ era um frio aristocrata, com tendências nazifascistas expressas, inclusive durante entrevistas na época. O pior do humano veio a tona vestindo roupas elegantes e cabelos impecavelmente arrumados.

David Bowie morreu em 2016, três dias após lançar seu último álbum ‘Blackstar’. No disco, ele canta sobre sua própria finitude. Bowie transformou sua morte em arte, pronto para sua mudança final; da vida para a história.

para saber mais:

COMPARTILHE

OUTRAS DO BLOG

Download Best WordPress Themes Free Download
Premium WordPress Themes Download
Download Nulled WordPress Themes
Download Nulled WordPress Themes
free online course
download lava firmware
Download Premium WordPress Themes Free
lynda course free download