curativos urbanos

Algumas calçadas machucadas de São Paulo ganharam curativos coloridos. Eles podem não curar de verdade, mas desejam despertar a atenção de quem pode: nós.

Os problemas urbanos tão comuns como buracos, desníveis nas calçadas, lixo na ruas e falta de iluminação passam desapercebidos pela maioria de nós, mas não para seis jovens amigos que decidiram encontrar uma forma lúdica de melhorar o espaço urbano.

No último agosto, criaram o projeto de intervenção urbana Curativos Urbanos, uma distribuição de band-aids gigantes em locais “machucados”, como calçadas esburacadas. O designer Renato Forster, a arquiteta Rafaella Wolf, a urbanista Ana Carolina Angotti, a relações públicas Maria Occarina, a jornalista Aline Peres dos Santos e a publicitária Jeniffer Heemann são os responsáveis pela iniciativa.

De lá pra cá, já espalharam curativos pela Bela Vista, Vila Madalena e Centro, além da Gávea, no Rio. Em cada saída, colam algo em torno de 50 band-aids.

Mas o que será que esse projeto conseguiu efetivamente “curar”?

 

“Eu não posso afirmar que os curativos resolveram o problema dos buracos indicados, mas já vimos muitos deles serem consertados depois de algumas semanas”, conta Jeniffer.

Download WordPress Themes Free
Free Download WordPress Themes
Download WordPress Themes Free
Download Nulled WordPress Themes
udemy course download free
download lava firmware
Download WordPress Themes Free
free download udemy course