breve história do gif

A história do GIF antecede a invenção da própria Internet.

Surgida em 1987, tinha como função suprir a necessidade de exibir imagens coloridas em um tamanho leve para os lentíssimos computadores da época. A possibilidade de gerar movimento com pequenas sequências era só um bônus, que acabou se tornando o principal atrativo da sua utilização.

Chegando aos anos 2000, o graphics interchangeable format (nome completo da extensão) perdeu seu folego, sendo substituido por outros formatos de imagem e animação, como o FLASH e o PNG.

Sua nova casa, no entanto, apareceu. O Tumblr, rede social voltada para o compartilhamento de imagens e textos, abraçou o formato como forma de contar pequenas narrativas, criar loops infinitos e, é claro, vídeos engraçados. Esse movimento se traduziu para as outras redes sociais, como o  Twitter e Facebook.

GIF como arte.

Um dos tradutores do GIF para o espaço de arte é o artista Rick Silva. Através de suas obras, levou o GIF à importantes espaços de exposição como o Whitney Museum of American Art, em Nova York, assim como países como na Alemanha, Japão, Reino Unido, Espanha.

Veja suas obras:

Recentemente, o artista plástico Rafael Fasrah foi bem sucedido ao criar um gif analógico dentro do estúdio do ATRAVES\\, usando uma combinação entre luzes e tintas fosforescentes. Veja o resultado!

para saber mais:

COMPARTILHE

OUTRAS DO BLOG

Download WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Best WordPress Themes Free Download
Download WordPress Themes
udemy paid course free download
download samsung firmware
Download Best WordPress Themes Free Download
udemy paid course free download