afeto terceirizado

O que o dinheiro não compra?

Em uma sociedade em que tudo tem preço, mas cada vez menos valores, praticamente tudo pode ser comprado ou vendido. Todo tipo de serviço é oferecido, abrindo campo para diversos tipos de relações inexistiam anteriormente.

Uma dessas relações envolvem o afeto.

Quem é pai ou mãe sabe o trabalho que dá cuidar e educar uma criança. Exige-se tempo, um dos bens mais caros na sociedade contemporânea, em que vendemos nosso tempo sustentar nossa família. Assim, surgem figuras que, de alguma forma, suprem essa necessidade de atenção e, em consequência, de afeto.

A babá, o motorista, um parente, a escola e os professores acabam exercendo o papel de referência próprios dos pais, passando a educar, dando afeto e até mesmo impondo limites.

A questão que fica é se essas figuras de fato podem substituir figuras paternas ausentes e quais serão os efeitos futuros para as crianças. O capital pode comprar o amor ou substituir a importância dos pais? O olhar ausente pode ser substituído por um olhar terceirizado?

 

para saber mais:

COMPARTILHE

OUTRAS DO BLOG

Download Premium WordPress Themes Free
Download Nulled WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Free Download WordPress Themes
lynda course free download
download micromax firmware
Download Premium WordPress Themes Free
udemy free download