a 30 metros abaixo de paris

Paris é frequentemente descrita como um queijo suíço: cheia de metrôs, estacionamentos e vinícolas subterrâneas. Mas abaixo desses ramos urbanos encontra-se um mundo proibido, misterioso e até soturno: as Catacumbas. 

As Catacumbas de Paris atraem visitantes e curiosos há séculos. A Cidade das Luzes foi edificada sobre enormes gessos e pedreiras de calcário que foram minadas no início no século XII para a construção de Notre Dame, do Louvre e outras construções históricas. No entanto, ao longo do tempo, essas pedreiras tornaram-se cada vez mais instáveis. 

Um rua afundada no século XVIII acabaria por conferir a este submundo muitos usos. Entre 1785 e 1880, devido à superlotação dos cemitérios da cidades, as pedreiras receberam uma quantidade considerável de ossadas (estima-se que ainda hoje elas abriguem os restos mortais de mais de seis milhões de pessoas!).

Durante a Segunda Guerra Mundial, as passagens foram ocupadas não só pela Resistência francesa, mas também pelos alemães, que deixaram seus vestígios em uma instalação militar subterrânea chamada de Bunker Allemand. Desde então, artistas, boêmios, grafiteiros, entre outros, misturaram-se às camadas de história das Catacumbas.

“Independentemente de onde a sua investigação te leva, sempre há coisas novas a descobrir sobre a Paris subterrânea”, diz Ingmar Arnold, historiador alemão com grande vivência em descer aos túneis parisienses. “Por onde quer que ande, você nunca sabe se não está passando por algo misteriosa. Por trás de cada canto, pode haver um grande segredo”.

Um desses segredos foi revelado inesperadamente em setembro de 2004, quando a polícia de Paris descobriu um cinema ilegal sob o Palais de Chaillot. Oficiais que faziam patrulha deram de cara com um anfiteatro escondido, totalmente equipado para exibição de filmes. Para um arranjo ilegal, era notavelmente sofisticado: além de telão e projetor, havia também um bar/restaurante equipado com vários telefones e acesso à Internet. O complexo estava protegido por um sistema de segurança de circuito-fechado de TV que disparava uma gravação de cães latindo sempre que um intruso passava.

Logo, os envolvidos nesta operação foram revelados: La Mexicaine de Perforation ou “A Sociedade dos Túneis Mexicanos” ( “mexicanos” porque os membros da LMDP costumavam se reunir em um bar de Paris chamado Le Mexico), composto por exploradores com pseudônimos, a organização eventualmente recuperou seus equipamentos, mas continua provocando a polícia. “As autoridades, a polícia, prefeitura, eles não sabem um centésimo, um milésimo, do que está lá embaixo”, disse um porta-voz de pseudônimo Lezard Peint ao Guardian de Londres. 

Aparentemente, ainda há muitos outros parques subterrâneos para o LMDP, cuja missão declarada é não só para explorar locais proibidos, mas apropiar-se deles para eventos de exibições culturais, palestras e projeções. 

Download WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Download WordPress Themes Free
Free Download WordPress Themes
udemy free download
download coolpad firmware
Download Best WordPress Themes Free Download
free online course